Amados irmãos, hoje é nosso último trabalho dos anos que conectamos nossos pensamentos em uma reunião virtual.
Muita coisa mudou nesse orbe que caminha para a regeneração, porém muito se assemelhou às reuniões do plano espiritual.
Não se inquiete porque não estivemos presencialmente nas casas espíritas, pois bem sabemos que o pensamento nos conduz às esferas superiores ou às esferas inferiores, e nossas reuniões nos auxiliaram na elevação dos nossos pensamentos e a iniciar uma prática já comum no plano espiritual. Em muitas obras da literatura espírita temos as manifestações do pensamento em reuniões espirituais como no encontro com o irmão Asclépio com os socorristas em Obreiros de vida eterna, ou como a comunicação de Veneranda aos recém chegados no hospital no livro Nosso Lar.
Iniciamos este ano uma nova era de nossa trajetória rumo a nossa evolução espiritual dando o primeiro passo à libertação da crença que apenas a presença material é suficiente para a comunicação.
Nosso pensamento é capaz de levar-nos às mais altas esferas conectando-nos pelo fluído cósmico universal.
Credes amados irmãos, nossa profissão e fé nos amara e nos liberta das obras da carne e, ciclos a ciclos nos conduz a galgar os degraus da evolução.
Pensemos neste findo ano solar o quanto pudemos aprender e evoluir, observemos a natureza sempre, que nos dá os mais belos exemplos. Uma plantação inicia-se com o revolver da terra a qual amparará a semente; esta por sua vez, dia a dia, sutilmente desenvolve-se sem que muitas vezes percebamos até que jaz chegada a colheita. Festejamos as alegrias da colheita abençoada e logo iniciamos novamente o volver da terra, assim, inicia-se um novo ciclo, e neste, estamos mais capacitados após o aprendizado da colheita anterior.
Saibamos agradecer o ano finito e aproveitemos o aprendizado desta colheita. Bem sabemos que colhemos o que plantamos e o cuidado na plantação faz toda diferença.
Plantemos neste momento, após avaliarmos este ciclo que se encerra, mais uma trajetória de nossa evolução espiritual, aprendendo e recomeçando, aproveitando nossas experiências.
Jesus nos ensinou, vá e não peques mais. Façamos dos nossos erros o adubo para um plantio próspero e profícuo.
A minha paz vos dou, ensinou-nos o Divino Mestre, façamos a nossa parte.
A paz de Jesus nos acompanhe sempre.

Irmã Dulce

29/12/2020